CategoriaContos

Uma conversa de varanda

U

Em uma das minhas andanças pela vida, certa vez eu conheci um homem formidável. Não lembro mais o nome do sujeito, é uma pena, mas esse é um dos meus defeitos, sou péssimo quando se trata de lembrar nomes, mas um rosto eu nunca esqueço. Ele tinha uma forma de viver a vida um tanto quanto peculiar. Certo dia estávamos ele e eu sentados na varanda de sua casa. Uma choupana modesta, simples, mas...

A vampirinha

A

Era uma noite de quarta feira de inverno, estava frio, acabara de chover a tarde, o que deixou o ar com uma sensação agradável misturado um cheiro de terra molhada. Meus colegas do trabalho tinha um hábito de ir quase todas as quartas na lanchonete para comer hambúrguer e nesse dia eles me convidaram para ir junto. A primeira vista eu recusei, disse que tinha alguns assuntos a tratar, mas quando...

No fundo do poço

N

Encarei o meu reflexo no espelho…. – Como cheguei a esse ponto? – pensei. Eu estava um lixo, acabado. Lavei o meu rosto e voltei a fixar os meus olhos naquela imagem em decadência. Como sempre, o dia para mim era uma batalha infindável. – Ahhh! Mais um dia! Quando isso vai acabar? – murmurei No trabalho…. Eu olhava para tela do meu computador à minha frente...

Se metendo em uma enrascada – Quem brinca com fogo acaba de se queimando

S

– É o cara da esquerda chefe – ouviu Lucas, que estava com a cabeça vendada. Lucas acabará de acorda, não tinha a menor ideia de onde se encontrava e do que estava acontecendo, mas pelo cheiro de peixe podre que exalava, presumiu que estava em algum porto, aos arredores da Nova York. – Quem é esse outro? – Perguntou um homem com uma vós estridente, sua vós passava um ar de...

Se metendo em uma enrascada – A Ressaca

S

Lucas acorda com um terrível dor de cabeça, quanto mais a sua visão se tornava nítida, ficava claro para Lucas, que onde ele estava, não era o seu quarto. As suas roupas estavam jogadas pelo chão e ele só estava apenas de cueca. – Mas o quê?! – disse Lucas, apertando as palpebras com força, a fim de ter uma visão mais clara do recinto. Ele se encontra em um típico quarto de república...

Se metendo em uma enrascada – A Festa – Parte 3

S

Os dois amigos chegam na festa. Lucas se sente mais relaxado. – Festa pequena? – disse Lucas, que se surpreende ao ver vários carros estacionado na rua da casa de Alice. – Deve ser dos vizinhos – disse Paulo. – Sei – disse Lucas, sarcástico. – Oiii! – disse uma Loira bonita, surgindo na porta. Ela está usando um batom vermelho como sangue, ela está...

Se metendo em uma enrascada – A Festa – Parte 2

S

O carro encosta em um beco escuro. – Que lugar é esse?  – Perguntou Lucas. – Preciso pegar uma parada, é essencial em toda as festas que se preze – Disse Paulo, saindo do carro. – Que parada? Você não está falando de drogas, está?! – Espere aqui, não demoro. – Vai me deixar aqui?! – É rápido! – disse Paulo, que já estava um pouco distante...

Se metendo em uma enrascada – A Festa – Parte 1

S

Lucas para na saído  da Logos para atender o celular. – E aí, conseguiu? – perguntou a voz  no telefone. – Sim, sim! Paulo – respondeu Lucas, entusiasmado. – Isso merece uma comemoração, hoje à Alice vai dar um festa na casa dela, será uma festa simples, pouca bebida, poucos amigos e algumas gatas. – Não sei, acho que prefiro ficar em casa mesmo, jogar GTA5 e...

Se metendo em uma enrascada – A Entrevista

S

Nova York acorda ao esplendor de uma formidável orquestra natural, mas logo é tomada por sons desafinados de máquinas, carros e buzinas, sons que assolam toda a cidade. Os pedestres infestam as calçadas e os comerciantes abrem as suas lojas. O som do despertador ecoa aos ouvidos de Lucas, que o desperta, fazendo o desligar o irritante som. Lucas se espreguiça e levanta.Abre as cortinas e os raios...

O Julgamento – Primeira parte

O

É mais um dia comum na vida de Luana, ela está fazendo a sua corrida diária pela praça da cidade.  O sol está quase se pondo, a praça está bem calma, só há algumas pessoas caminhando com os seus animais de estimação. Luana desacelera e caminha distraidamente pela calçada. De repente, surge um caminhão que à atropela, ocorre um apagão. Luana acorda e se levanta, ela olha para baixo e se depara com...

Josué Rockefeller - Roterista e Escritor

Sobre Mim

Filósofo de boteco, empreendedor, desenvolvedor de softwares e escritor na horas vagas. Gosto de aprender tudo e escrever de tudo um pouco, então não se assuste se você encontrar nesse blog; contos, pensamentos, poesias e artígos técnicos.